>>> "Homem suicidou-se a tiro..."

Terça-feira, 28 / 08 / 2007

Na manhã de hoje, Rui Manuel Constantino foi encontrado em casa sem vida, com tiro de arma de fogo na cabeça. O homem de 38 anos, nascido a 1 de Setembro de 1969, filho de pais emigrantes, residia no Bairro de Farinha em São Bartolomeu de Messines e sofria de perturbações mentais, havendo possibilidade de se tratar de um suicídio.

O homem terá disparado um tiro na cabeça logo ao inicio da manhã, sendo depois encontrado sem vida pela sua mãe. A Policia Judiciária que investigou o caso, desconhece ainda um motivo concreto que terá levado Rui Constantino a cometer o acto, mas a investigação ainda prossegue, podendo haver ainda uma conclusão mais concreta do ocorrido nas próximas horas.

Texto: Sandra Castelo

>>> "Cruzamento da morte volta a matar..."

Segunda-feira, 27 / 08 / 2007

No Cruzamento da saída de Messines para Algoz, Albufeira e Silves faleceu esta manhã um individuo, vitima de acidente de viação. O indivíduo era empregado na PT Comunicações e residia na aldeia do Benaciate. Ao que se apurou, o próprio terá infringido a prioridade de um Veiculo Longo, transportador de veículos ligeiros, que seguia em direcção pela estrada Silves - Albufeira. Infelizmente o indivíduo terá tido morte imediata pelo forte embate que ali se proporcionou, não podendo assim a equipa médica socorrer a tempo.

A população da Vila e seus aglomerados sente-se revoltada pelo o facto de este já ser um episódio que se repete desde à longos anos e nada se tenha feito para a existência de uma possível rotunda ou até mesmo semáforos que poderiam travar este tipo de catástrofes. Foram várias as vítimas que ali se acidentaram, sendo mais de 30% dos casos fatais, levando à morte. A população não se mostra em nada agradada com a ignorância dos responsáveis deste local já chamado de “Cruzamento da Morte”, apontando culpas para a Câmara Municipal de Silves, mais propriamente para a Presidente ` Isabel Soares ` que em nada se opôs até à data para com os responsáveis daquele cruzamento bastante problemático para os condutores e até mesmo para os piões que ali atravessam.


Texto: Patrick Martins